Como lembrar as informações de livros nos momentos que importam

Episódio #5 – JOICast

Sobre o episódio: Como ler os livros de modo a LEMBRAR o que você leu (e como se lembrar justamente no momento que você precisa)

Há uma diferença entre ler e saber aplicar o que você leu no momento ideal.   Eu uso uma rotina simples para ler tantos e tantos livros (esse ano, li 48 livros, até agora, e ainda falta um mês e meio até o ano acabar, muahuahuauha). É claro que quantidade não importa tanto, se eu não souber aproveitar essa leitura toda. Daí vêm as lições que posso te passar sobre LER BEM. Vamos lá? Ouça o episódio, logo acima.

Principais insights discutidos nesse episódio

Há uma diferença entre decorar e retomar Mais importante do que ter a informação é saber usá-la na hora certa. Ler não é falar línguas – ler é construir conexões. Use a memória do tipo “retomar”. Entenda pelo contexto e sua memória será de longo prazo. NUNCA é sobre fazer resumos. Resumos cansam e causam preguiça para retomadas. No mundo adulto, a gente não precisa fazer prova. Não confie em sua memória: anote diretamente nos livros. Não tenha dó de rabiscar seus livros. Sublinhe pouco, mas sublinhe. Use a PRIMEIRA página para criar um índice pessoal. Fuja do “português filosófico”: sublinhe sempre aquilo que vai sempre direto ao ponto. A maneira mais poderosa de reter é APLICAR os insights que você teve durante a leitura. Não se esqueça de retomar seus livros para aplicar e reaplicar. Exemplo de não aplicar o que você faz: professora de administração na USP. Fale (em seu conteúdo) sobre o que você aplica dos livros.

 

Músicas utilizadas no episódio

  • Rollanddrop – Jingle Punks
  • Nico Wohlleben – Rise
  • MagikStudio – Thunder Rock

 

Coisas e pessoas citadas

Veja minha página de Livros Lidos.

Toda quarta-feira é dia de JOICast! Inscreva-se no site para que a gente te mande os e-mails informando sobre novos episódios 🙂

Deixe um comentário